Cocar e Cepe lançam programação da Feira Literária do Sertão

Cocar e Cepe lançaram a programação da FELIS no Espaço Cina.
(Foto: Amannda Oliveira).
A segunda edição da Feira Literária do Sertão (Felis) será realizada entre os dias 29 de novembro e 02 de dezembro em Arcoverde, no Sertão pernambucano. A programação oficial do evento - uma realização do Coletivo Cultural de Arcoverde (Cocar) e da Companhia Editora de Pernambuco (Cepe) - foi divulgada nesta segunda-feira (26) durante coletiva de imprensa no Espaço Cultural CINA, no Centro Comercial Regional de Arcoverde (Cecora).

Participaram da coletiva o vice-presidente do Cocar, Kléber Araújo, o presidente da Companhia Editora de Pernambuco, Ricardo Leitão, a secretária de educação de Arcoverde, Ladjane Pereira, representantes do setor gastronômico e da imprensa local.

Neste ano, diferente da primeira edição em 2016, a Felis contará com programação durante quatro dias ao invés de apenas um. Todos os shows, lançamentos de livros, rodas de diálogos, palestras e demais ações do evento serão realizadas na Arena Cultural, que estará montada na Praça Winston Siqueira (antiga Virgínia Guerra), no Centro de Arcoverde.

"Nós vamos receber escritores, declamadores, músicos e artistas de Arcoverde e de outros municípios de Pernambuco, além da Paraíba, da Bahia e do Rio Grande do Norte", explicou Kleber Araújo. "Buscando atender uma demanda de poetas, cordelistas, escritores e do público que busca pela literartura, nós faremos dessa segunda edição da Felis um evento mais integrado com a sociedade e com outras linguagens culturais, como a gastronomia. Além disso, também haverá um espaço dedicado ao público infantil, que é a Felisinho", destacou Kleber. Serão oferecidas oficinas, contação de histórias, teatro infantil, entre outras atividades, para os leitores mirins até o domingo.

A Felis Gastrô ficará sob o comando de restaurantes locais que prepararam pratos exclusivos para o evento - alusivos aos grandes escritores da literatura brasileira - como a cafeteria Don Preto (prato em homenagem a Patativa do Assaré, com filé suíno, purê de batata doce, farofa crocante, ervas finas e cebola caramelizada); a Livraria Lira Cultural (prato em homenagem a "Vidas Secas" de Graciliano Ramos que foi batizado de "Baleia no Pote" - uma releitura do cachorro quente no pote, substituindo a carne de cachorro quente por carne de bode); o Mandacaru Lounge Bar (prato em homenagem a Silvério Pessoa "Religiosidade Popular" -  com cordeiro ao forno, mel, especiarias e inhame); o Ouroboros (sanduíche em homenagem a Ariano Suassuna com cordeiro de sol na nata, servido com especiarias, no pão pita) e o restaurante Sabor do Campo (prato em homenagem a "Os Sertões" de Euclides da Cunha - com piaba crocante e farofa de ovos).

Outro destaque é que nesta edição da Felis também haverá a participação dos segmentos educacionais, como os estudantes das escolas municipais, escolas estaduais e da Autarquia de Ensino Superior de Arcoverde (Aesa).

"A Felis se desenha dessa forma e estamos otimistas de que teremos um público compatível com o esforço que está sendo empreendido para realizar esta ação que será uma das maiores que o Cocar já realizou em Arcoverde, enfocando a área literária", enfatizou Kleber Araújo.

Ladjane Pereira, secretária de educação de Arcoverde, Kleber Araújo, vice-presidente do COCAR e Ricardo Leitão, presidente da CEPE. (Foto: Amannda Oliveira).
A secretária de educação de Arcoverde, Ladjane Pereira, contou que ficou encantada quando conheceu o projeto da Feira Literária do Sertão. "Me vi na obrigação, não só como secretária, mas como pessoa apaixonada pela cultura e pela literatura, em participar da Feira. A Felis é uma oportunidade fantástica para a nossa cidade e para nós é uma honra ser parte integrante desse evento", destacou a secretária.

Ela também reforçou que literatura é resistência. "Nos tempos em que vivemos hoje, precisamos existir pela arte. Fico muito feliz por saber que esta será uma iniciativa contínua. Arcoverde respira arte, então precisa de uma Feira como essa", enfatizou.

Ladjane também contou que a abertura da Felis contará com a participação de uma aluna da rede municipal - que vem se destacando em concursos de leitura e incentivo à leitura - Maria Eduarda. Ela vai participar de um momento de leitura na quinta-feira (29), primeiro dia da Felis (confira a programação completa da Feira Literária do Sertão no final dessa matéria).

Apoio da Cepe - O jornalista Ricardo Leitão, presidente da Companhia Editora de Pernambuco (Cepe), falou sobre os trabalhos desenvolvidos pela empresa, entre eles a realização de feiras literárias em municípios como Olinda, Caruaru e Garanhuns.

"Até essa nossa parceria com o Cocar, ainda não tínhamos nenhuma feira literária sendo apoiada pela Cepe no Sertão. Quando conhecemos o projeto da Felis, vimos que poderíamos dar um apoio maior para que a Feira de consolide e cresça", contou Ricardo, dando ainda a boa notícia de que o apoio da Cepe à Felis será para que o evento seja realizado anualmente e não apenas de dois em dois anos, como vinha acontecendo.

Segundo Leitão, a Felis vai crescer e atrair - a cada edição - mais e mais pessoas. "Para nós da Cepe é uma grande alegria poder participar de um evento em Arcoverde - numa região que é uma grande referência cultural".

Durante a coletiva, Ricardo Leitão também falou como os autores podem fazer para publicar livros pela CEPE, além de anunciar para a Felis 2019 um prêmio para os estudantes da rede pública que escreverem as melhores redações ao longo do ano. Confira todos os detalhes no vídeo que fizemos durante a entrevista coletiva clicando na imagem abaixo.

Confira a transmissão da coletiva de imprensa que fizemos pela página do De 1ª Categoria no Facebook.
(Foto: Amannda Oliveira).
Confira também, em detalhes, toda a programação anunciada hoje pelo Cocar. Segundo Kleber Araújo, o Coletivo buscou montar uma programação visando destacar os escritores e artistas locais, mas com a atenção voltada também para o estado de Pernambuco e os estados vizinhos que sempre foram referência em literatura.

FELIS 2018 - DE 29/11 A 02/12
PROGRAMAÇÃO:

Quinta
29 Nov.
15:00h - Oficina Literatura de Cordel - Dulce Lima e Neide Nascimento
19:30h - Abertura Feira - Leitura de Maria Eduarda
20:00h - Espetáculo Cantigas do Sertão para Voar - Grupo Eleanor
20:45h - Lançamento de Livro - Flávio Magalhães
21:00h - Apresentação Musical - Kelly Rosa e Noé Lira

Sexta
30 Nov.
09:00h - Palestra “Literatura Infantil em Pauta” - Coordenadores de Escolas
16:00h - Abertura Feira
17:00h - Dialogo Práticas para o desenvolvimento da Leitura (Café Literário ETE-Escola Técnica Estadual de Arcoverde, Secretaria de Educação Arcoverde, Associação Comercial de Arcoverde (ACA), Sociedade dos Poetas, Escritores, Compositores e Artistas de Sertânia (Sapecas)
18:30h - Declamação e Música - Estudantes Letras
18:45h - Lançamento do livro do Professor Raul Silva - A Lenda dos Cinco Povos
19:30h - Diálogo Religiosidade Popular - Palestra-Silvério Pessoa
21:00h - Lançamento - Palestra Efigênio Moura (PB), Mediação Ícaro Tenório
21:30h - Apresentação Musical - Haidee Fonseca e artistas convidados

Sábado
01 Dez
16:00h - Abertura Feira
16:30h- Diálogo "Mulher na Literatura, Silenciamento Histórico da Representatividade"
Coordenadoria da Mulher  de Arcoverde em parceria com o Núcleo de Estudo de Gênero da AESA.
Mediação Carla Luana Barros
17:30h - Diálogo "O Feminino em Nós" - Virginia Leal, Nuno Kemballi, Andrea Campos
19:00h - Lançamento de Livros - Nuno Kemballi, George Silva, Manoel Modesto, Uraniano Mota
19:30h - Lançamento/Palestra - Estranha Beleza, de Gustavo Felicíssimo
20:00h - Encontro Repente-Rap-Slam - Bell Puã, Nix La Marge, MC Laranjão. Markinho Leite
21:30h - Apresentação Cultural - Josildo Sá

Domingo
02 Dez
12:00 às 14:00h - Festival de Violeiros
*Lidio Vaz e Antonio José
*Maximino Bezerra e Rinaldo Aleixo
*Damião Enézio e Cicero de Souza
*Luis Ferreira e José Bartolomeu
16:00h - Abertura Feira
16:30h - Lançamento - George Silva
18:30h - Apresentação Cultural - Coco Raizes, Banda de Pifano, Chorinho Roda 4
20:00h - Encerramento

FELISINHO-PROGRAMAÇÃO

Quinta
29 Nov.
15:00h - Oficina Literatura de Cordel com Dulce Lima e Neide Nascimento - Associação dos Poetas e Prosadores de Tabira (APPTA)

Sexta
30 Nov.
15:00h - Oficina Fabrincando - Grupo Riso da Terra
15:00h - Outras Palavras - Alunos Rede Municipal
16:30h - A Passagem Secreta - Susana Morais
17:30h - Tapete Voador - As Contadoras de Histórias
18:00h - Apresentação Cultural

Sábado
01 Dez.
15:00h - Oficina Fabrincando - Grupo Riso da Terra
16:30h - Contação de Histórias - Alexandre Revoredo
17:30h - Jogos e Brincadeiras Populares - Alunos AESA
18:00h - Tempo de Flor - Grupo Pé de Vento

Domingo
02 Dez.
09:00h - Oficina Fabrincando - Grupo Riso da Terra
09:00h - Oficina samba de Coco - Valete Sena
16:00h - A história do Barquinho - Grupo Muvuka de Teatro
18:30h - Cortejo Oficina Fabrincando - Grupo Riso da Terra

OFICINA FABRINCANDO
Sexta (30 Novembro)
Sábado(01 Dezembro)
Domingo (02Dezembro)
15:00-18:00h
Oficina teoria e Prática
Realização de Brincadeiras Populares, Bolhas Gigantes, Construção de brinquedos e provocações sobre o brincar. A Oficina, direcionada à criança de 06 a 12 anos, será concluída com um cortejo dos participantes com os brinquedos e instrumentos FABRINCADOS durante as atividades. OFICINEIROS: Grupo RISO DA TERRA, Estudantes AESA

DOMINGO - 09:00H
Cortejo

OFICINA DE LITERATURA DE CORDEL
Quinta (29 Novembro)
Horários 
16:00-18:30h
Oficina teoria e prática
Entender um pouco  da história, função social, primeiros cordelistas e sua importância como Patrimônio  Cultural e Imaterial do Brasil e produção de um Cordel Coletivo.
OFICINEIROS
Maria Dulce de Lima, Neide Nascimento (Associação dos Poetas e Prosadores de Tabira)

Viva Arcoverde! Viva a Literatura, a Cultura e a Arte de Arcoverde. Viva a FELIS! Viva o Cocar!

Reportagem: Zalxijoane Lins, com informações do Cocar.
Fotos: Cortesia/Amannda Oliveira.


Nenhum comentário

De 1ª Categoria - O Seu Melhor Programa, com Zalxijoane Lins . Tecnologia do Blogger.