Alunos da Aesa criam abaixo-assinado contra reajuste nas mensalidades



Alunos da Autarquia de Ensino Superior de Arcoverde (Aesa) e do Centro de Ensino Superior de Arcoverde (Cesa) criaram hoje, no site Petição Pública, a página #Contra Reajuste de Mensalidade 2017 da AESA-CESA.

A página, disponibiliza um abaixo-assinado, onde os estudantes da instituição podem se manifestar contra o aumento previsto já para o primeiro semestre deste ano.

Confira à íntegra do texto:

"Para: AESA-CESA
Ao Excelentíssimo Senhor Presidente do Centro de Ensino Superior de Arcoverde - AESA 

Os cidadãos abaixo-assinados, brasileiros, alunos regulares desta instituição, solicitam de Vossa Excelência revisão do reajuste das mensalidades de 2017, a fim de que não sejamos prejudicados, devido a essa crise que assola o Brasil e principalmente nossa região. Uma vez que o aumento real foi de R$ 37,00, pelo motivo de que não temos somente a obrigação de realizar os pagamentos da mensalidade da AESA. Temos outras obrigações também. Boa parte de nós somos casados e outros dependem exclusivamente dos pais. 

Na certeza de termos nosso pleito atendido, encaminhamos este documento em folhas numeradas e assinadas digitalmente por todos os cidadãos, em duas vias a serem protocoladas em seu Gabinete. 

Arcoverde PE, 13 de Janeiro de 2017."

Conheça a página do abaixo assinado no site Petição Pública.

Histórico - Os mais de 1.600 alunos da Autarquia de Ensino Superior de Arcoverde deverão ter em 2017 um reajuste de 15% no valor das mensalidades dos diversos cursos que a instituição oferece. A decisão foi tomada durante reunião do Conselho Deliberativo da AESA, no dia 10 de novembro do ano passado. Os cursos de Enfermagem e Educação Física não tiveram aumento em suas mensalidades.

Segundo a direção da faculdade, já faziam dois anos que as mensalidades não eram reajustadas. Normalmente elas eram reajustadas em 10% ao ano. Com a decisão do Conselho Deliberativo, os alunos teriam tido um ganho de menos 5% nos aumentos já que se mantivesse a sequência de reajustes as mensalidades teriam seu valor elevado em 20% segundo o diretor do CESA, Prof. Franklin Freire.

Ficou também definido que os novos cursos de Fisioterapia e Farmácia terão mensalidades de R$ 790,00 reais. Durante a reunião, o Conselho Deliberativo também autorizou um reajuste de 10,5% nos salários dos professores e servidores da Autarquia de Ensino Superior de Arcoverde. Há dois anos que eles estavam com os salários congelados. (Blog A Folha das Cidades - 11.11.2016).

Imagem: Print da página criada pelos alunos no site Petição Pública.
Texto: Zalxijoane Lins com informações do blog A Folha das Cidades.
(Ao copiar - imagens ou textos - favor inserir os créditos).

Nenhum comentário

De 1ª Categoria - O Seu Melhor Programa, com Zalxijoane Lins . Tecnologia do Blogger.