Não à violência: Disque Denúncia começa a funcionar em Arcoverde


Para tentar minimizar os múltiplos casos de crimes e o crescente aumento da violência em Arcoverde, no Sertão do estado, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) - em parceria com a Polícia Civil, a Polícia Militar e o Conselho Municipal de Segurança de Arcoverde (COMSA) - está investindo em um novo número do Disque Denúncia. O serviço já está funcionando e é integrado ao Disque Denúncia Pernambuco. Agora as denúncias dos crimes em Arcoverde podem ser  feitas através do (87) 99774-1575

Qualquer cidadão pode ligar  para o número em casos de homicídios, tráfico de drogas, violência doméstica, violência no futebol, perturbação do sossego, entre outros crimes. O anonimato é garantido e o serviço funciona 24 horas por dia. As denúncias são encaminhadas para os órgãos competentes que passam a acompanhar e investigar todos os casos recebidos.

Os outros números do Disque Denúncia Pernambuco são o (81) 3421-9595, para o Recife e Região Metropolitana e (81) 3719-4545 para o Agreste. As denúncias também podem ser feitas pelo site do Disque Denúncia.  Em Arcoverde também está disponível o número do Conselho Tutelar (87) 98863-7929.

Conheça mais - O Disque-Denúncia é uma Organização Não Governamental que alia população e órgãos públicos na busca por uma sociedade mais segura. Criado em Pernambuco desde 2000, o serviço repassa à polícia informações de cidadãos comprometidos com a redução da criminalidade.

Ao longo de nove anos, funcionando 24 horas por dia, a central telefônica construiu o maior banco de dados sobre casos de violência do Norte e Nordeste. São mais de 400 mil informações, que auxiliam na resolução das investigações policiais. A pessoa não precisa se identificar para denunciar. Afinal, você colabora, nós trabalhamos e dividimos o mérito.

Além de receber e encaminhar as denúncias da sociedade, o Disque-Denúncia também atende reclamações sobre problemas cotidianos das comunidades. Dificuldades como falta de água, luz, ônibus, educação e saúde de qualidade atualmente fazem parte dos relatos da população.

Este novo perfil mostra como a imagem da instituição está consolidada entre os pernambucanos. Não só da capital, como também no interior do estado. Em 2002, foi criada a Central Agreste, em Caruaru. Desde então, o número de informações recebidas tem sido vinte vezes maior na região.

O Disque-Denúncia também realiza campanhas sobre temas ou casos de interesse público. Entre elas estão o combate à exploração sexual de crianças e adolescentes, tráfico de drogas, violência contra a mulher e pessoas desaparecidas. A meta é mobilizar a população e contribuir para o exercício da cidadania.

Conteúdo exclusivo - De 1ª Categoria, com informações do Disque Denúncia Pernambuco.
Imagem: Assessoria de Comunicação - Prefeitura de Arcoverde.
(Ao copiar informações daqui, favor inserir os créditos).

Nenhum comentário

De 1ª Categoria - O Seu Melhor Programa, com Zalxijoane Lins . Tecnologia do Blogger.