Coordenadoria da Mulher de Arcoverde é lançada com apoio do MPPE


O Ministério Público de Pernambuco (MPPE), por meio da 3ª Promotoria de Justiça de Arcoverde, atuou com o escopo de induzir políticas públicas no município que resultou na criação - pela Universidade de Pernambuco (UPE) - do Núcleo de Apoio Jurídico à Mulher, bem como da instalação pelo município da sede da Coordenadoria da Mulher, que será inaugurada nesta quarta-feira, 8 de março, às 16h. O núcleo e a coordenadoria têm como objetivos fornecer atendimento e empoderamento às mulheres vítima de violência física e psicológica.

A atuação do MPPE se iniciou em agosto do ano passado com reuniões da equipe, formada pelo promotor de Justiça Fernando Della Latta Camargo e as analistas ministeriais Maria de Lourdes Viana Silva Pinto e Maria Thereza Nogueira de Miranda Medeiros, com os órgãos da Rede de Atendimento CREAS, CAPS, Hospital Regional de Arcoverde, Polícias Civil e Militar e Movimentos Sociais.

O MPPE, no mês de setembro, realizou o I Fórum Técnico de Enfrentamento à Violência Doméstica contra a Mulher, sediado na Promotoria de Justiça de Arcoverde, com a participação dos órgãos da Rede de Atendimento; e no mês de novembro, o II Fórum Técnico de Enfrentamento à Violência Doméstica contra a Mulher, sediado na UPE (Campus Arcoverde), aberto também aos estudantes da instituição de ensino.

Nas duas ocasiões, foram desenvolvidos os aspectos práticos na atuação do Ministério Público no combate à violência doméstica contra a mulher. A Coordenadoria da Mulher de Arcoverde vai funcionar na rua Prudente de Moraes, 234, no Centro, e é composta por Micheline Valério (coordenadora de Políticas Públicas para Mulheres); Jailsa Assis (assessora do Núcleo de Cidadania) e Valdira Ramos ((assessora de Promoção da Igualdade Racial) e Maricélia Oliveira.

Cartão Vermelho - E na noite de hoje, Dia Internacional da Mulher, a partir das 18h - no Estádio Souto Maior - será lançada a nova campanha da Coordenadoria da Mulher de Arcoverde: A REGRA É CLARA: VIOLÊNCIA CONTRA MULHER É JOGO SUJO!

Segundo o post na fanpage da Coordenadoria, "o cartão vermelho é um símbolo universal conhecido, que representa a mais grave punição disciplinar dada a um jogador, quando ele comete um ato desleal contra seu oponente. O objetivo da campanha é alertar, sensibilizar e conscientizar - principalmente os homens - para a urgência de nos unirmos para erradicar a violência contra a mulher".

Durante o lançamento da nova campanha, no Estádio Souto Maior, também haverá a apresentação do time de futebol feminino do Flamengo de Arcoverde.

Imagem: Coordenadoria da Mulher de Arcoverde.
Com informações do site A Folha das Cidades.
Foto de capa: Blog Five Years.
(Ao copiar daqui - imagens e textos - favor inserir os créditos).

Nenhum comentário

De 1ª Categoria - O Seu Melhor Programa, com Zalxijoane Lins . Tecnologia do Blogger.