Lion: história real que também não termina quando acaba

A resenha crítica a seguir foi elaborada sem uma cronologia predeterminada e tentará, através de uma leitura pessoal, traduzir as partes que ficaram de um filme embebido em emoção. A história é baseada em fatos reais e, como tal, envolve pessoas, sentimentos e energias reais.

Por Wellington Nunes, um apaixonado por cinema e médico a maior parte do tempo.


Lion - Uma Jornada Para Casa

Numa das primeiras cenas do filme enxergamos um garotinho admirado a observar inúmeras borboletas alçarem vôos numa terra árida e claramente de poucos recursos. Essa cena poética prenuncia o desenrolar da história desse garotinho pobre, de família sólida e unida que por ironia, ou não, do destino acaba se perdendo de sua casa em uma de suas andanças na companhia do seu irmão mais velho.

Tão cedo e de forma inocente, emoldurado por uma fotografia impecável e takes de caminhos, ruas, túneis e avenidas esse garotinho acaba embarcando junto conosco numa jornada sem volta por um mundo de abismos sociais bem definidos.

Tão logo e após fugas que nos deixam bastante inquietos esse garotinho acaba por parar em um orfanato e logo percebe de forma crua e triste que não há como localizar a sua casa e sua família, posto que as únicas e imprecisas informações que ele sabia eram os nomes do irmão e da mãe, bem como o nome de um local que, aparentemente, não existia no mapa. Ainda no orfanato, o garotinho indiano é adotado por uma família Australiana estável financeiramente e repleta de amor.

A partir de então acompanhamos o seu desenrolar de idade e, subitamente, somos apresentados a um jovem inteligente, saudável e de coração sensível, bastante próximo dos seus pais adotivos. Ele sabia desde sempre que havia sido adotado e seu coração inquieto e incompleto guardava no fundo o desejo voraz de reencontrar sua história e seu berço.

Cena de Lion - Uma Jornada Para Casa. Foto: Portal Cinema 10.
Atuações marcantes, tocantes, roteiro sensível que nos levam a lágrimas por diversas vezes dão forma a uma busca incansável por localidades prováveis e lembranças como retalhos de uma vida interrompida pela separação.

O coração , ou e mesmo a energia que gerou tudo isso de alguma forma e, arrebatadoramente, revela no mapa um possível nome familiar que quando foi lido nos remete a àquele nome que não aparecia no mapa no passado e logo sabemos que era um simples erro de pronúncia. Sim, era lá, com certeza era o local que ele viveu com sua família, fica claro no olhar brilhante e por algum motivo tudo fazia muito mais sentido a partir dali.

Como um Leão, que dá o título ao filme, cheio de coragem e vitalidade, o garoto retorna para a India e reencontra o seu berço, sua casa e sua mãe biológica. Como uma sinfonia de borboletas somos invadidos por uma leveza libertadora e uma história que não termina em nós. Lion é um filme para todos pois fala sobre Coração e sobre Lar... a nossa busca por um berço de sentimentos que nos acalanta e nos dá sossego.

Lion nos fala sobre a coragem e o dom sobrenatural de reconhecer e reconectar energias vitais em nossa vida que também não termina quando acaba.

Assista aqui o trailer oficial:


Imagem de capa (cartaz do filme): Portal Reserva Cultural.
Trailler: YouTube.
(Ao utilizar daqui - textos e imagens - favor inserir os créditos).

Nenhum comentário

De 1ª Categoria - O Seu Melhor Programa, com Zalxijoane Lins . Tecnologia do Blogger.